Bolsonaro ironiza doença após anunciar exame para detectar câncer

Presidente disse que não poderia atender a imprensa ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 12/12/2019 12:44

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou a notícia de que poderia estar com câncer de pele para não responder a perguntas de jornalistas nesta quinta-feira (12/12/2019).

“Pessoal, como estou com câncer, não vou poder atender vocês. Ok?”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada e seguir para a Base Aérea, de onde embarca para o Tocantins.

O próprio presidente informou nessa quarta-feira (11/12/2019) sobre a possibilidade de estar com câncer de pele. Já a Secretaria de Comunicação do Planalto informou o contrário, descartando a possibilidade de Bolsonaro ter a doença.

“O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta tarde [de quarta-feira], em Brasília, no Hospital da Força Aérea Brasileira, onde passou por avaliação médica dermatológica. O presidente apresenta boas condições de saúde, sem qualquer indicativo de câncer de pele e mantém a previsão de agenda para a semana conforme programado”, informou a Secom por meio de nota.

SOBRE O AUTOR
Luciana Lima

Jornalista formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), atua em redações de jornal, rádio, TV e internet desde 1998. Como repórter, trabalha na política nacional, em Brasília, atuando na cobertura das últimas campanhas eleitorais e reportando os fatos políticos e bastidores do Congresso e do Planalto. Também acompanhou acontecimentos internacionais de relevância, como a expansão da política externa brasileira na África e Oriente, o terremoto ocorrido no Haiti em 2010 e visitas presidenciais à Europa e à América Latina.

Últimas notícias