Justiça manda Facebook excluir posts sobre Pitombo, Erasmo e Pugliesi

A página anônima Galo Intruso apontava o ator Marcos Pitombo como pivô da separação de Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana

atualizado 05/03/2021 17:07

Erasmo Viana e Gabriela Pugliesi não estão mais juntosReprodução/Instagram

A juíza Adriana Angeli de Araújo, da 5ª vara cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, determinou que o Facebook exclua todos os posts do perfil anônimo Galo Intruso, que apontava o ator Marcos Pitombo como pivô da separação de Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana.

“Esse tipo de fake news publicada com tamanha irresponsabilidade não pode e não vai prevalecer”, disse Mariana Zonenschein, advogada de Pitombo, ao portal UOL. A juíza também determinou que a rede social identifique o responsável pela página.

0

Caso a rede social não exclua as postagens, terá que pagar multa de R$ 5 mil por publicação indevida. A pena prevista para quem comete difamação é detenção de três meses a um ano.

Erasmo e Pugliesi anunciaram o fim do casamento em fevereiro. Na ocasião, Erasmo afirmou que cometeu um erro grave, mas não especificou o motivo da separação. Já Pugliesi garantiu que o perdoou pelo erro.

Gabriela Pugliesi e Erasmo Vianna se casaram em 2017, em uma cerimônia realizada em Trancoso, na Bahia. Os dois iniciaram um relacionamento em 2015.

Últimas notícias