metropoles.com

Famosos se “despedem” do Twitter após compra de Musk: “Vai com Deus”

Desde que o bilionário comprou o Twitter, diversas ondas de demissão já aconteceram e os boatos sobre o fim da rede social corre na internet

atualizado

Compartilhar notícia

Muhammed Selim Korkutata / Anadolu Agency
Elon Musk, dono do Twitter, aparece pensativo ao lado de um logo da rede social. Ele poderá cobrar pelo selo de verificado - Metrópoles
1 de 1 Elon Musk, dono do Twitter, aparece pensativo ao lado de um logo da rede social. Ele poderá cobrar pelo selo de verificado - Metrópoles - Foto: Muhammed Selim Korkutata / Anadolu Agency

Desde que Elon Musk comprou o Twitter, algumas ondas de demissão já aconteceram na rede social do passarinho azul. Com isso, e com novas informações surgindo sobre a página, foi inevitável que diversos boatos de que a nova aquisição do bilionário estivesse com os dias contados. O assunto foi muito difundido por diversas celebridades, que postaram em tom de adeus.

“Gente, o Twitter vai acabar? Nem tenho roupa pra isso.. mentira tenho sim”, escreveu Pabllo Vittar. Enquanto isso, Chico Pinheiro aproveitou para anunciar o Instagram. “Caso o Musk feche mesmo o Twitter nas próximas horas, poderemos seguir interagindo pelo Instagram. Meu perfil lá é o chicopinheiros. Visitem, minhas amigas e meus amigos”, publicou.
13 imagens
Naturalizado norte-americano, Elon Musk cresceu em um lar privilegiado. Na infância, no entanto, o bilionário sofria bullying na escola por gostar de estudar. Em um dos episódios de violência, inclusive, ele precisou ser hospitalizado ao ser espancado por outros estudantes
Autodidata, logo cedo se interessou por computação e, aos 12 anos, aprendeu programação. Ainda na adolescência, ele desenvolveu o código de um jogo de videogame e o vendeu para a revista Office Technology por US$ 500
Após seus pais se separarem, ele passou boa parte da vida com o pai. Depois, Musk se mudou para o Canadá, onde obteve cidadania por ser filho de uma canadense. No país do hóquei, ingressou na faculdade Queen's University, mas pediu transferência para a Universidade da Pensilvânia, nos EUA, onde obteve diploma em física e economia
Tempos depois, mudou-se para Califórnia a fim de começar um doutorado. Contudo, desistiu dos estudos para abrir a própria empresa. Do sonho, surgiu a Zip2, instituição que desenvolvia conteúdo para portais de notícias. Em 1999, porém, vendeu a companhia por mais de 300 milhões de dólares
No mesmo ano, segundo a Forbes, Musk cofundou a empresa X.com. A organização era um banco on-line que permitia transferências de dinheiro por endereços de e-mail. Anos depois, a empresa se fundiu com a Confinity e se transformou no Paypal, comprada pelo Ebay logo em seguida
1 de 13

Elon Reeve Musk, nascido em 1971, é um empresário, bilionário, empreendedor e filantropo. Natural de Pretória, na África do Sul, Musk é considerado um dos homens mais ricos do mundo

Dimitrios Kambouris / Getty Images
2 de 13

Naturalizado norte-americano, Elon Musk cresceu em um lar privilegiado. Na infância, no entanto, o bilionário sofria bullying na escola por gostar de estudar. Em um dos episódios de violência, inclusive, ele precisou ser hospitalizado ao ser espancado por outros estudantes

Theo Wargo / Getty Images
3 de 13

Autodidata, logo cedo se interessou por computação e, aos 12 anos, aprendeu programação. Ainda na adolescência, ele desenvolveu o código de um jogo de videogame e o vendeu para a revista Office Technology por US$ 500

Anadolu Agency / Getty Images
4 de 13

Após seus pais se separarem, ele passou boa parte da vida com o pai. Depois, Musk se mudou para o Canadá, onde obteve cidadania por ser filho de uma canadense. No país do hóquei, ingressou na faculdade Queen's University, mas pediu transferência para a Universidade da Pensilvânia, nos EUA, onde obteve diploma em física e economia

Maja Hitij /Getty Images
5 de 13

Tempos depois, mudou-se para Califórnia a fim de começar um doutorado. Contudo, desistiu dos estudos para abrir a própria empresa. Do sonho, surgiu a Zip2, instituição que desenvolvia conteúdo para portais de notícias. Em 1999, porém, vendeu a companhia por mais de 300 milhões de dólares

Pool / Getty Images
6 de 13

No mesmo ano, segundo a Forbes, Musk cofundou a empresa X.com. A organização era um banco on-line que permitia transferências de dinheiro por endereços de e-mail. Anos depois, a empresa se fundiu com a Confinity e se transformou no Paypal, comprada pelo Ebay logo em seguida

picture alliance / Getty Images
7 de 13

Durante esse período, Musk também fundou a SpaceX, fabricante de sistemas aeroespaciais. A companhia produz motores de foguete, espaçonaves e satélites de comunicação

Reprodução/Getty Images
8 de 13

Em 2003, Musk e um grupo de engenheiros fundaram a Tesla, fabricante de automóveis elétricos. A empresa também atua na área de armazenamento de energia e confecção de painéis solares. Em dezembro de 2021, o valor de mercado da companhia era de US$ 977 bilhões, segundo a Forbes

NurPhoto /Getty Images
9 de 13

Em 2022, o sul-africano passou a ocupar o topo na lista das pessoas mais ricas do planeta, criada pela Forbes, a maior publicação de economia e negócios do mundo. De acordo com o ranking, Elon Musk acumula patrimônio estimado em US$ 219 bilhões — aproximadamente R$ 1 trilhão

Britta Pedersen-Pool/Getty Images
10 de 13

Recentemente, Elon Musk anunciou a compra do Twitter. Ele virou assunto mundial após oferecer US$ 44 bilhões para adquirir a rede social

Patrick Pleul - Pool/Getty Images
11 de 13

Além dessas empresas principais, Musk também fundou ou participou da criação de diversas outras, tais como Neuralink, Starlink, Solar City e The Boring Company

Getty Images
12 de 13

Casado diversas vezes, Elon Musk é pai de oito filhos: X Æ A-Xii, Nevada Alexander Musk, Xavier Musk, Damian Musk, Exa Dark Sideræl, Griffin Musk, Saxon Musk e Kai Musk

SOPA Images / Getty Images
13 de 13

Em 2021, durante participação no programa Saturday Night Live, Musk afirmou ter sido diagnosticado com autismo

Getty Images

Enquanto isso, Pocah foi mais sucinta apenas desejou uma mensagem de adeus. Bruno Gagliasso não entendeu nada sobre o assunto e pediu mais explicações. “Passo 20 dias fora e vcs acabam com o Twitter?”. Por sua vez, Rafael Portugal relembrou de outras redes sociais que deixaram de existir. “Foi bom o tempo que vivemos por aqui. Vai com Deus!!! Ah, se encontrar o Orkut e o Flogão manda meu beijo”, brincou.

Além deles, Tati Quebra Barraco, Juliana Paes e Gil do Vigor também publicaram na rede social. O economista e ex-BBB, inclusive, pediu uma reunião com Elon Musk. “Ei, Elon Musk. Estou aqui em Davis (próximo ao escritório do Twitter) e gostaria de pedir um encontro com você para evitar que o Twitter caia”, escreveu Gil do Vigor, em inglês, na rede social.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?