Conrado grita durante live com Sorvetão: “Heterofobia existe sim”

Sem citar fontes, cantor disse que 300 mil héteros morrem no mundo por preconceito

atualizado 20/07/2021 15:51

Sorvetão e ConradoReprodução

Andréa Sorvetão e Conrado voltaram a falar que pessoas heterossexuais sofrem preconceito, durante uma live nesta segunda-feira (19/7) com os seguidores.

“Você sabia quantas mulheres morrem por abuso sexual, violência…? Quantas mulheres e crianças morrem por abuso sexual e violência? Quantos cristãos morrem por pregar a palavra de Deus? Trezentos mil no mundo todo”, disse ele, sem citar fontes.  “Morre gente pra caramba, não é só gay, não. Heterofobia eu tô vendo que existe, sim!!”, gritou, enquanto a esposa ria.

Na semana passada, o cantor já havia falado do assunto, ao comentar a repercussão negativa do vídeo que gravou ao lado da esposa, em junho deste ano, pedindo para ser contratado por anunciantes porque são “héteros, cristãos e tradicionais”.

0

“Gente, estou vindo aqui trazendo essa postagem que fomos marcados hoje por um vídeo que já deu o que tinha que dar. Já me retratei sobre esse momento, coisa que nem deveria ter feito, pois a nossa intenção foi chamar atenção de empresas e não causar desconforto a ninguém. Sobre as revistas, fazem parte do nosso histórico… anos 80/90 e início de 2000… Tudo muito comum pra época. Que saudade! Vivíamos muito melhor com todas as diferenças… e podem acreditar, elas sempre existiram! Vivemos momentos difíceis onde tudo se torna problema, quem EXIGE o AMOR, RESPEITO, DIGNIDADE, etc…. deveria também praticar. Vocês não acham ?!! Somos sim, héteros, uma família cristã e tradicional. Não vejo nenhum problema nisso… ou estamos diante de uma heterofobia ?!!! Ah não… esquece… isso não existe! Sigamos….”.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos

Últimas notícias