*
 

O desfile das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro chegou ao fim na madrugada dessa terça-feira (13/2). Nesta quarta (14/2), a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) anunciará a campeã do Carnaval 2018. Salgueiro, Mangueira e Portela despontam como favoritas ao título. A Paraíso do Tuiuti chamou atenção, dentro e fora do país, ao fazer críticas ao governo Temer.

Uma das campeãs do ano passado, a Portela contou a história de um grupo de judeus que ajudou a fundar a cidade de Nova York. Em reportagem de O Globo, a escola é mencionada como uma das possíveis campeãs do Carnaval.

Com o samba-enredo Senhoras do Ventre do Mundo, a Salgueiro foi a vencedora do Estandarte de Ouro 2018. Sob a liderança do carnavalesco Alex de Souza, a agremiação foi a quarta a passar pela avenida na madrugada dessa terça (13). Em viagem à África, o enredo narrou o cotidiano das mulheres negras do continente.

A Mangueira apresentou o enredo Com Dinheiro ou Sem Dinheiro, Eu Brinco. A verde e rosa se inspirou no corte de verbas das escolas em 2018. Em cada ala ou carro alegórico, a Mangueira exaltou a simplicidade da festa do Momo, desde as suas raízes. Um dos momentos mais marcantes e comentados foi o boneco do prefeito Marcelo Crivella, representado como um judas para ser malhado. Abaixo do boneco, a frase: “Prefeito, pecado é não brincar o Carnaval!” decorava um tripé.

A apuração acontece a partir das 15h15, no sambódromo Marquês de Sapucaí. Cada quesito será analisado por um grupo de seis julgadores – quatro titulares e dois suplentes. Serão avaliados alegorias e adereços, comissão de frente, enredo, fantasias e mestre-sala e porta-bandeira.