Vítima de assédio pediu ajuda a PMs: “Não tinham nada a ver com isso”

Ela afirma que policiais disseram para ela resolver com o acusado de assediá-la

atualizado 21/12/2020 13:53

Reprodução

Uma mulher de 38 anos denunciou nesse domingo ter sido vítima de assédio sexual de um amigo após aceitar carona dele para ir a um posto de combustível na Avenida Miguel Sutil, no Bairro Areão, em Cuiabá.

Além do assédio, porém, a vítima ainda teria sido constrangida ao tentar pedir ajuda à polícia. Ela afirmou ter sido esnobada por dois policiais militares.

Leia mais em O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias