Talibã, chefe do tráfico de Manguinhos, é preso na Ilha do Governador

Criminoso estava foragido desde agosto de 2018. Ele foi encontrado em um hospital particular, se recuperando de uma cirurgia de apêndice

atualizado 22/02/2021 14:13

Talibã, preso ao realizar cirurgia de apêndiceDivulgação Polícia Civil

Rio de Janeiro – Agentes do serviço de inteligência do sistema penitenciário do Rio de Janeiro prenderam, na noite desse domingo (21/2), Maxwel Pinheiro da Silva, conhecido como Talibã. Ele é o chefe do tráfico de drogas de Manguinhos, zona norte da cidade, e estava foragido desde agosto de 2018.

O criminoso foi preso em um hospital particular, no bairro do Zumbi, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. Talibã havia passado por uma cirurgia de apêndice e deu entrada na clínica com uma carteira de identidade falsa.

Ele tem condenações pelos crimes de corrupção ativa, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Mais lidas
Últimas notícias