Suspeito de torturar filho de 5 anos tem prisão decretada

De acordo com denúncia do MP, ele agredia o garoto, o trancava no escuro e sem alimentação e também o obrigava a trabalhar

atualizado 16/03/2020 16:35

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou um pai suspeito de torturar e manter o filho de 5 anos em cárcere privado em Mambaí, na região leste de Goiás.

Segundo o documento, o suspeito torturava de forma continuada o filho. Ele teve a prisão preventiva decretada, além de se tornar alvo de pedido de indenização por causar prejuízo moral à criança.

Leia mais no portal Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias