metropoles.com

Motorista de app é preso por abuso de miss durante corrida em SP

Ariana de Melo contou que homem passou mãos em seus seios e coxa e a xingou de “prostituta” e “vagabunda” em viagem na terça-feira (19/10)

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
ariana de melo 5
1 de 1 ariana de melo 5 - Foto: Divulgação

Em audiência de custódia realizada na quarta-feira (20/10), o motorista de aplicativo Rogerio Conceição, de 52 anos, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva após ser denunciado por importunação sexual contra a miss Ilhabela 2021, Ariana de Melo, de 27 anos. A mulher registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de São Paulo acusando-o de ter passado a mão em seus seios e coxa durante uma corrida entre Barueri e a capital paulista na terça-feira (19/10).

Após a acusação, Rogerio foi preso em flagrante na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, pelo Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope). Indiciado pelo crime, ele pode receber pena de um e cinco anos de prisão.

5 imagens
Modelo afirmou que motorista de aplicativo passou a mão em seus seios e coxas
Caso ocorreu durante corrida entre Barueri e São Paulo na terça-feira (19/10)
Homem foi preso em flagrante no mesmo dia por importunação sexual à modelo
Ariana de Melo tem 27 anos
1 de 5

Miss Ilhabela 2021 Ariana de Melo denunciou importunação sexual à polícia

Divulgação
2 de 5

Modelo afirmou que motorista de aplicativo passou a mão em seus seios e coxas

Divulgação
3 de 5

Caso ocorreu durante corrida entre Barueri e São Paulo na terça-feira (19/10)

Divulgação
4 de 5

Homem foi preso em flagrante no mesmo dia por importunação sexual à modelo

Divulgação
5 de 5

Ariana de Melo tem 27 anos

Divulgação

De acordo com a assessoria de imprensa de Ariana de Melo, ela relatou à polícia que o motorista a atacou com palavras de baixo calão, como “gostosa”, “prostituta” e “vagabunda”, ao saber que ela era modelo.

Ao chegar ao destino, Rogerio teria travado as portas do carro para que ela não desembarcasse do veículo. Foi quando Ariana gritou por ajuda e pessoas que passavam pelo local foram até o automóvel. Finalmente, o homem a teria deixado descer e ido embora. Em depoimento, o condutor negou as acusações.

Em nota, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) confirmou ao Metrópoles a decretação da prisão preventiva, mas informou que o caso tramita em segredo de Justiça.

Ariana começou a participar de concursos de beleza ainda na adolescência, aos 13 anos. Venceu o Miss Estudantil da região de sua cidade natal, Arcoverde (PE), e desde então destaca-se em concursos nacionais e internacionais.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?