SP: Justiça decreta prisão de mulher que atirou e feriu namorado

Daiana Rosa da Silva Luz atirou em Fábio Aurélio Silva a pouca distância. Ela tentou matar o namorado com mais tiros, mas arma falhou

atualizado 07/10/2022 23:05

homem caído no chão e mulher brigando com ele Reprodução/Redes Sociais

A Justiça de São Paulo decretou, nesta sexta-feira (7/10), a prisão de Daiana Rosa da Silva Luz, de 36 anos, que atirou no namorado pelas costas em uma discussão que teria sido motivada por ciúmes. Fábio Aurélio Silva, 42 anos, foi encaminhado para o Hospital Santa Marcelina, no bairro paulistano de Itaquera, e depois transferido para o hospital São Cristóvão, na Mooca.

Daiana Rosa está foragida e responderá por tentativa de homicídio qualificado e emboscada. Apesar de ter sido registrado na 8ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), o caso é investigado pelo 66º Distrito Policial (DP), no Vale do Aricanduva.

O desentendimento ocorreu no apartamento em que Fábio mora, no bairro Cidade Líder, zona leste de São Paulo. O casal estava do lado de fora do apartamento, entre a porta e o elevador.

Nas imagens, é possível ver os dois discutindo, quando Daiana Rosa puxa a arma e dispara nas costas da vítima. Mesmo com o companheiro caído no chão, ela continua brigando com ele e ainda tenta efetuar mais disparos, mas a arma falha.

Além da câmera de segurança do corredor de entrada, que gravou a mulher atirando na vítima, outro vídeo mostra Daiana passando pelo parque infantil e fugindo. As imagens são analisadas pela polícia.

Mais lidas
Últimas notícias