Adolescente diz que sofria bullying e atira contra 3 colegas no Ceará

Tiroteio foi em escola pública de Sobral (CE). Vítimas têm 15 anos e pelo menos duas estão em estado grave. Atirador foi apreendido

atualizado 05/10/2022 13:58

Reprodução

Um adolescente que não teve a idade divulgada levou a arma do pai para a escola, em Sobral (CE), e atirou contra três colegas de 15 anos na manhã desta quarta-feira (5/10). Dois deles foram baleados na cabeça e estão em estado grave, e o terceiro foi baleado na perna, informou a Polícia Militar do Ceará.

O atirador fugiu para a própria residência após efetuar os disparos e acabou apreendido pela PM no local minutos depois. Aos policiais o jovem teria dito que sofria bullying por parte das vítimas e que teria levado a arma do pai, uma pistola cujo calibre não foi divulgado, para acertar contas com o trio.

O tiroteio ocorreu na Escola Estadual Professora Carmosina Ferreira Gomes, no Bairro Sumaré, em Sobral.

Os feridos foram levados para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

(Aguarde mais informações)

 

Mais lidas
Últimas notícias