“Sapatão”: Justiça condena homem que assediou e ofendeu jovem em boate

Homem importunou sexualmente a jovem, que estava em uma boate na Região Oeste de Belo Horizonte, e a ofendeu. Caso ocorreu em 2019

atualizado 03/12/2022 11:35

sirenes de uma viatura de polícia Reprodução

Um homem de 35 anos foi condenado a prestar serviços comunitários durante oito meses após importunar sexualmente uma jovem em uma boate localizada na região Oeste de Belo Horizonte. O crime ocorreu em junho de 2019.

Segundo os registros policiais, a vítima teria ido ao estabelecimento ao lado de outras duas pessoas, um homem e uma mulher, com quem mantinha uma relação amorosa. Na ocasião, o condenado a abordou na boate e chegou a puxá-la pelo braço, na tentativa de forçar um beijo.

O ato foi interrompido por outros frequentadores do local, mas em seguida, o autor passou a ofender a vítima com frases de cunho homofóbico e termos pejorativos, como “sapatão” e “sapatão eu pego a hora que eu quiser”.

Leia a matéria completa no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias