São Paulo terá 15% da rede estadual com ensino integral no ano que vem

João Doria anunciou a adesão de mais 400 escolas na modalidade em 2021. Aumento era promessa de campanha do tucano

atualizado 05/11/2020 19:47

Coletiva de imprensa com o Governador João Doria, no salão Azul do senado FederalHugo Barreto/Metrópoles

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quinta-feira (05/11) que mais 400 escolas da rede estadual passarão a oferecer vagas de ensino integral a partir de fevereiro do ano que vem. Com isso, o total de unidades no Programa de Ensino Integral (PEI) chegará a 1.064 em 2021.

“Com este aumento de 300% no número de escolas (em relação a 2018), o ensino em tempo integral vai chegar a mais de 500 mil alunos. É o maior número de alunos em ensino integral em um estado no Brasil. E vamos seguir dentro do objetivo de ter mais escolas e mais alunos em tempo integral no estado de São Paulo”, disse Doria.

O aumento das vagas em período integral era uma das promessas de campanha de Doria. No total, as 1.064 escolas do programa terão 542 mil vagas em todo o estado de São Paulo, o que corresponde a 15% da rede. Os números aproximam o estado de São Paulo da meta estabelecida Plano Nacional de Educação (PNE) de ter 25% dos alunos matriculados em tempo integral até 2024.

“A política de ensino em tempo integral é prioridade para o nosso governo. A nossa meta de mil escolas para 2023 já foi alcançada com a adesão destas 400 novas unidades”, destaca o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares.

Com a expansão no ano que vem, o programa contemplará 301 municípios do estado. “Estamos chegando em mais 82 municípios novos, chegando a um total de 48% os municípios em escolas de tempo integral”, afirmou o secretário.

Viaturas blindadas

O governo também anunciou a compra de viatura blindadas para as polícias do estado, com investimentos de R$ 23 milhões. Serão 105 novas unidades da Polícia Civil até o primeiro trimestre de 2021 e 70 para a Polícia Militar até dezembro deste ano.

“Um fato inédito no Brasil, cumprindo compromisso de campanha. Essas são as primeiras viaturas blindadas da história da Polícia Civil e da Polícia Militar”, destacou o governador.

0

Últimas notícias