Rolou na 5ª: Bolsonaro aprovado por 40%; peritos do INSS têm que trabalhar

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) atualiza: mortes por coronavírus no Brasil passam de 139 mil, informa Conass

atualizado 24/09/2020 21:10

Rolounesta quinta-feira (24/9): cresceu a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A informação consta em pesquisa realizada pelo Ibope a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Segundo o estudo, 40% dos brasileiros consideram o governo Bolsonaro como “ótimo” ou “bom”. O percentual reverte a tendência de queda que era observada até dezembro do ano passado, quando foi publicada a última edição do levantamento.

A aprovação na maneira de governar de Bolsonaro e a confiança em seu governo também cresceram. Do total de entrevistados, metade afirmou que aprova a gestão do Executivo e 46% disseram ter confiança no mandatário do país.

E o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) derrubou a decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que havia dispensado os peritos médicos do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) de retornarem ao trabalho presencial.

Com a mudança, fica restabelecida a obrigação de que peritos médicos convocados pelo governo – ou seja, lotados em agências do INSS que já foram vistoriadas e aprovadas – voltem aos postos de trabalho. Também fica retomado o corte de ponto dos profissionais que não comparecerem.

Leia outras notícias:

Últimas notícias