Rolou na 3ª: Anvisa libera maconha medicinal e PIB apresenta alta

Pisa: quatro em cada 10 estudantes de 15 anos não conseguem identificar a ideia principal de um texto ou entender um experimento científico

atualizado 03/12/2019 21:04

Nesta terça-feira (03/12/2019), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso medicinal de produtos derivados de cannabis, a popular maconha. Por outro lado, a agência proibiu o cultivo da cannabis no Brasil para fins medicinais ou científicos.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reprovou a autorização da venda, sem manipulação e sob prescrição médica, de produtos à base de maconha em farmácias e afirmou que a Anvisa “deveria se pautar por critérios mais técnicos”: “Lamentável”, disse.

Saiba mais:

Também nesta terça, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 0,6% no terceiro trimestre deste ano, em comparação com o segundo trimestre. Em relação a igual período de 2018, o crescimento foi de 1,2%. O presidente Jair Boslonaro (sem partido) comemorou o resultado: “Veio em boa hora”, observou.

Leia:

Também foi notícia:

Últimas notícias