RJ: suspeitos de aplicar golpe do falso curso por R$ 1,5 mil são presos

De acordo com agentes da delegacia de São Pedro da Aldeia, região dos Lagos, quarenta pessoas informaram serem vítimas da quadrilha

atualizado 01/08/2021 17:22

Cursos Mercado AdUnsplash

Rio de Janeiro – Em um clube onde as pessoas ainda faziam as inscrições por valores que variavam de R$ 750 a R$ 1,5 mil, agentes da  125ª DP (São Pedro da Aldeia), região dos Lagos, prenderam, nesse sábado (31/7), dois homens acusados de aplicar o golpe de um falso curso profissionalizante de operador de máquinas pesadas.

Em nota, a Polícia Civil explicou que a dupla recrutava os interessados pelas redes sociais. O valor pago na inscrição era, supostamente, para a manutenção e suporte pedagógico por uma empresa.

As aulas seriam ministradas em plataforma de ensino a distância, com a promessa de que, ao final do curso teórico, os alunos teriam aulas práticas.

O dinheiro, na verdade, era repassado a outra empresa, em São Paulo. Segundo os policiais, em um site de reclamação na internet, 40 pessoas informaram ter sido vítimas do esquema criminoso.

Elas alegam que nunca conseguiram concluir o curso por não receber login da plataforma on-line e realização das aulas práticas.

Últimas notícias