RJ: homem acusado de esfaquear engenheiro na Tijuca tem prisão mantida

Gabriel Barbosa Leite, de 34 anos, morreu após ser esfaqueado pelas costas na Tijuca, no dia 11/3, por Willian Ferraz do Carmo

atualizado 23/03/2022 11:33

Reprodução/ Redes Sociais

Rio de Janeiro – Acusado de matar a facadas o engenheiro Gabriel da Silva Leite, 34, na Tijuca, zona norte do Rio, William Ferraz do Carmo teve a prisão mantida durante audiência de custódia na tarde desta terça-feira (23/3). 

0

Suspeito de homicídio doloso, William foi flagrado por câmeras de segurança esfaqueando o engenheiro no último dia 11/3. A juíza Daniele Pires Barbosa, que fez a audiência na Central de Benfica, decidiu manter a prisão.

O acusado está preso desde a última quinta-feira (17/3) através de um mandado de prisão temporária (por 30 dias) expedido pela juíza Maria Izabel Pena Pieranti. 

No último dia 11 de março, o engenheiro caminhava de madrugada pela Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, Zona Norte do Rio, quando foi atingido por facadas nas costas. O suspeito foi identificado após análise de imagens gravadas pelas câmeras de segurança instaladas na região onde ocorreu o crime.

Mais lidas
Últimas notícias