RJ: batata frita de Marechal Hermes vira Patrimônio Cultural Material

Lei foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (23/5); tradicional, empreendimento funciona há mais de 30 anos

atualizado 23/05/2022 11:52

Batata de Marechal Hermes Reprodução/Redes sociais

Rio de Janeiro – A tradicional batata frita de Marechal Hermes virou Patrimônio Cultural Material do Estado do Rio. A lei foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (23/5).

O empreendimento de Ademar de Barros Moreira funciona há mais de 30 anos em frente à estação de trem de Marechal Hermes, na zona norte do Rio.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

De acordo com o G1, a barraca de Ademar chega a vender uma tonelada de batata por noite. Com apenas R$ 8 investidos, há anos atrás, o comerciante deu vida ao negócio que virou tradição do bairro.

“O segredo do sucesso é o tempo que estamos, a amizade que a gente faz e a quantidade de batata que eu boto na embalagem que custa R$ 30, R$ 35. Eu chego a colocar 2,5 kg a 3 kg. Eu vendo uma tonelada, mas eu coloco 2 kg. Não é uma porção pequena”, afirmou.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias