Rio tem 917 pessoas aguardando por um leito para tratar Covid-19

Ao todo, 682 pacientes estão em situação grave e esperam por uma vaga em unidade de terapia intensiva (UTI) na rede estadual

atualizado 05/04/2021 11:52

Hospital Ronaldo Gazolla, referência no tratamento de Covid no Rio de janeiro pacientes utiAline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – O estado do Rio de Janeiro conta com uma fila de espera de 917 pessoas por um leito de internação para o tratamento da Covid-19, segundo dados do último boletim divulgado pela secretaria estadual de Saúde, na noite desse domingo (4/4). É o maior número desde o início da pandemia, no início do ano passado.

Dos 917, 682 pacientes estão em situação grave e aguardam por uma vaga em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). No município do Rio de Janeiro, a fila é menor. São 152 pessoas esperando um leito para tratar a doença.

Novos leitos para esta semana

Em meio a uma aglomeração de cerca de 200 pessoas, entre políticos, jornalistas e convidados, o governador do Rio de Janeiro em exercício, Cláudio Castro (PSC), inaugurou, no último sábado (3/4), o Hospital Modular de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A unidade já está recebendo os primeiros pacientes para o tratamento contra a Covid-19.

A unidade foi aberta com 150 leitos, ainda metade da capacidade instalada. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, as transferências de pacientes serão feitas gradualmente para os 60 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e 90 de enfermaria, na primeira fase de funcionamento.

0

Últimas notícias