Rio: prefeitura termina demolição e limpeza de prédio que desabou

Na quinta-feira (3/6), prédio desabou, pai e filha morreram, e quatro pessoas ficaram feridas. Foram retiradas 300 toneladas de entulho

atualizado 05/06/2021 16:03

Prédio desaba em Rio das Pedras, na zona oeste do RioFoto: Aline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – A Prefeitura do Rio anunciou, neste sábado (5/6), que terminou o trabalho de remoção dos escombros do prédio irregular que desabou em Rio das Pedras na quinta-feira (3/6). Pai e a filha de 2 anos morreram e duas das quatro pessoas feridas continuam internadas.

Em dois dias, foram demolidos dois imóveis e recolhidos 300 toneladas de escombros. Três prédios necessitam de obras continuam interditados. 

A Secretaria Municipal de Assistência Social informou que ainda atende 85  pessoas de 29 famílias. Elas receberam colchonetes, travesseiros com lençol e cestas básicas, além de apoio psicológico.

O prédio foi construído irregularmente ao longo de 25 anos pelo comerciante Genivan Gomes Macedo, de 57 anos. No desabamento, ele perdeu o filho Nathan, de 30 anos, e a neta Maitê, de 2 anos. Eles foram sepultados no cemitério São Francisco Xavier, no Caju, zona norte, na tarde de sexta-feira (4/6).

0

Últimas notícias