Bolsonaro vai à celebração da canonização da irmã Dulce em Salvador

Porta-voz do Palácio do Planalto confirmou viagem à capital baiana em outubro

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 10/07/2019 20:29

Católico, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) participará, em Salvador (BA), da celebração da canonização da irmã Dulce — primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa. A viagem foi anunciada pelo porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, nesta quarta-feira (10/07/2019).

Segundo Rêgo Barros, a presença do presidente reforça a crença de Bolsonaro “na importância do Brasil ser um Estado laico”.

A cerimônia de canonização no Vaticano, em Roma, na Itália, será realizada no dia 13 de outubro e será presidida pelo papa Francisco. No dia 20 do mesmo mês, haverá uma comemoração na Bahia, terra natal da futura Santa Dulce dos Pobres.

Conhecida como “O anjo bom da Bahia”, Maria Rita Lopes de Souza Brito, a Irmã Dulce, é recordada por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados. Ela nasceu em Salvador, no dia 26 de maio de 1914, e faleceu na mesma cidade, em 22 de maio de 1992.

Últimas notícias