Queiroga orienta exames para crianças vacinadas por engano na Paraíba

Titular da Saúde tem compromissos no estado e visitou mãe de criança imunizada com vacina da Pfizer para adultos

atualizado 17/01/2022 19:05

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga visita ParaíbaReprodução/Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, aconselhou que sejam feitos exames nas crianças que foram vacinadas por engano no município de Lucena, no interior da Paraíba. A medida ajudaria a mapear eventuais efeitos adversos.

Pelo menos 48 crianças teriam sido imunizadas com a vacina da Pfizer para adultos no município. A Secretaria de Saúde do estado investiga, ainda, se as doses estariam vencidas.

“Já conversei com o prefeito para dar apoio a vocês que tenham algum problema relacionado. Felizmente, até agora, parece que não está ocorrendo nada”, disse o ministro ao visitar uma das mães. Em vídeo publicado no Twitter de Marcelo Queiroga, a mãe narra que, desde dezembro, o filho não teve nenhuma reação adversa.

“Essas vacinas foram aplicadas de maneira inadvertida, é o que consideramos erro vacinal. São 48 crianças e incumbe às autoridades sanitárias locais e do estado fazer essa vigilância”, afirmou Queiroga, em agenda no estado.

A técnica de enfermagem responsável pela aplicação dos imunizantes foi ouvida pelo Ministério Público Federal (MPF), que instaurou investigação. A profissional disse que recebeu ordem do setor de Imunização da Secretaria de Saúde do município para vacinar todas as pessoas da comunidade, “pois as vacinas da Pfizer estavam para vencer”.

Mais lidas
Últimas notícias