Praias do Rio estarão liberadas para banhistas na segunda (26/4)

Prefeitura flexibiliza regras e libera também os ambulantes e barraqueiros da areia para trabalharem nos dias úteis. Festas seguem proibidas

atualizado 23/04/2021 9:34

Cariocas e turistas ignoram medidas restritivas e permanecem nas areias das praias do RioAline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – Novo decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM), publicado nesta sexta-feira (23/4) em Diário Oficial, revoga a proibição de banhistas na areia e libera, além da permanência na orla, o banho de mar, apenas nos dias úteis. Os frequentadores também terão liberados os ambulantes e barraqueiros das areias, que também podem voltar a trabalhar nos dias úteis.

Reinfectado, Paes segue em quarentena. As novas medidas foram anunciadas pelo secretário de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo Carvalho.

O toque de recolher segue valendo continua proibido ficar na rua e em locais públicos durante as madrugadas, das 23h às 5h. As novas regras entram em vigor no primeiro minuto deste sábado (24/4) e vão até o dia 3 de maio.

Outra novidade é a liberação das atividades não essenciais funcionando até 22h, com 40% da capacidade em locais fechados. Lembrando que festas e eventos em geral seguem suspensos.

Pelo novo decreto, continua proibido o funcionamento de boates, salões de dança e casas de espetáculos; eventos em áreas públicas e particulares; rodas de samba; ficar na areia da praia ou em parques e cachoeiras nos sábados, domingos e feriados; entrada de ônibus fretados na cidade.

A Prefeitura do Rio também deu fim ao escalonamento dos horários de funcionamento dos serviços não essenciais, que tinham de seguir horários específicos, de acordo com a categoria. Agora, todos os setores estão liberados para abrir a qualquer hora e fechar às 22h.

Entre as atividades liberadas, estão lojas e serviços em shoppings, centros comerciais e galerias; museus; bibliotecas; cinemas; teatros; casas de festas; salas de apresentação e concerto; salões de jogos; circos; recreação infantil; parques de diversões, temáticos e aquáticos; pistas de patinação; visitações turísticas; o AquaRio e o Bioparque; drive-in; feiras e congressos; e exposições.

0

 

 

Últimas notícias