Por reajuste salarial, esposas de PMs protestam em Rondônia

As mulheres acamparam em frente aos quartéis da polícia em municípios e na capital e prometeram impedir a saída de viaturas

atualizado 11/06/2021 13:53

Esposas de policiais militares acamparam, na tarde dessa quinta-feira (10/6), em frente aos quartéis em Porto Velho (RO) e em alguns municípios do interior do estado.

De acordo com o portal Rondoniagora, as mulheres protestam por descumprimentos de acordos por parte do governo local, como o reajuste salarial dos militares de 24%.

Na manhã desta sexta-feira (11/6), as esposas seguiam acampadas em frente ao quartel do 1º Batalhão de Polícia Militar, em Rondônia.

O acordo de reajuste salarial feito com militares foi firmado em um pagamento de três parcelas de 8%. A promessa, no entanto, não foi cumprida até o momento, de acordo com as protestantes.

As mulheres prometem bloquear a entrada e saída de viaturas dos quartéis caso o governador do estado, Coronel Marcos Rocha (sem partido), não atenda o pedido da categoria.

Uma assembleia geral está marcada para a tarde desta sexta para discutir o tema.

Últimas notícias