Weintraub retuíta post em que youtuber chama Bolsonaro de traidor

Ministro alegou que está em viagem, a bordo de um navio, e que retuitou a mensagem sem querer: "Evidentemente foi um erro"

atualizado 25/12/2019 19:44

Ministro Abraham WeintraubAndre Borges/Esp. Metropoles

Primeiro nome que surge sempre que se fala em uma possível mudança no primeiro escalão do governo Bolsonaro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se envolveu em nova polêmica, mais uma vez nas redes sociais. Na tarde desta quarta-feira (25/12/2019), em pleno Natal, ele retuitou um comentário postado pelo youtuber de extrema-direita, Nando Moura, que chama o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de traidor por ter sancionado o “juiz de garantias” no pacote anticrime.

Confira:

O RT dado por Weintraub foi apagado pouco depois. Ele voltou ao Twitter para explicar o que houve. “Um erro”, garantiu.

Nando Moura criticou Bolsonaro por conta do “juiz de garantias”, figura criada pela Lei 13.964/2019, que coloca na prática o pacote anticrime. Esse trecho foi atacado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, tendo recomendado o veto ao presidente – que preferiu não dar ouvidos ao ex-juiz.

Últimas notícias