Twitter sinaliza como “enganosa” mensagem de Onyx sobre Covid-19

O conteúdo publicado pelo ministro da Cidadania, todavia, permanece publicado e não foi removido

atualizado 25/01/2021 21:57

OnyxRafaela Felicciano/Metrópoles

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), teve uma publicação no Twitter sinalizada por violar as regras da plataforma. A mensagem, da última sexta-feira (22/1), mostra o trecho de um vídeo da Rádio Jovem Pan, em que uma comunicadora diz que “o jornal americano de medicina começou a recomendar a hidroxicloroquina e a azitromicina” para o tratamento da Covid-19. O conteúdo, todavia, permanece publicado e não foi removido.

Na mensagem que acompanha o vídeo, o ministro escreveu: “Tratamento precoce agora também nos Estados Unidos, Jornal Americano de Medicina recomenda Hidroxicloroquina e Azitromicina no início do governo Biden, o Brasil já usa a (sic) meses e curamos mais de 8 milhões de pessoas. #FechadoComBolsonaro”.

Segundo o Twitter, que encobre a postagem original, o conteúdo violou as regras da rede sobre a “publicação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais relacionadas à Covid-19. No entanto, o Twitter determinou que pode ser do interesse público que esse Tweet continue acessível”.

Não há comprovação de qualquer tratamento precoce contra a Covid-19.

 

Mais lidas
Últimas notícias