Luciano Hang, o Véio da Havan, diz que trata a Covid-19 com cloroquina

Em transmissão ao vivo no Instagram, o empresário disse que ele e sua esposa receberam alta do Hospital Sancta Maggiore

atualizado 20/01/2021 19:22

Divulgação

Diretamente do Hospital Sancta Maggiore, no Morumbi, em São Paulo, o empresário Luciano Hang, que testou positivo para a Covid-19, fez, nesta quarta-feira (20/1), uma transmissão ao vivo em sua conta oficial no Instagram para falar sobre como ele e sua família têm enfrentado o novo coronavírus.

“Minha mãe estava em casa, cuidando, pegou, mas não apresentou nenhuma comorbidade. Todo mundo [da minha família] já pegou, meus filhos pegaram. Mas eu estou deixando o hospital hoje, vou continuar acompanhando a minha mãe”, disse, afirmando que dona Regina chegou a ter 95% do pulmão comprometido pela Covid-19.

Hang disse que está se medicando com ivermectina, vitamina D e a hidroxicloroquina. “Sou a favor da vacina, do tratamento [precoce]. Acho que está muito politizado, uma pessoa fala uma coisa, outra fala o contrário”, declarou.

Além do dono da Havan, sua mulher, Andrea Hang, e sua mãe, Regina Modesti Hang, de 82 anos, foram contaminadas. Regina está internada no mesmo hospital, só que na unidade de terapia intensiva (UTI), por apresentar um quadro mais grave.

0

 

Mostrando estar bem de saúde, o Véio da Havan pediu que seus seguidores “não acreditem sempre no mesmo veículo de comunicação”, fazendo referência à divulgação do número de mortes pelo coronavírus.

“Procure boas informações. Lamentavelmente, a desinformação está fazendo com que morra milhares e milhares de pessoas”, declarou Hang.

Hang finalizou a transmissão agradecendo aos amigos e afirmando: “Não esqueça que a vida é uma só, e eu vou continuar lutando por ela”. Emocionado, o empresário também pediu orações à sua mãe.

Mais lidas
Últimas notícias