Touch screen e internet: governo licita esteira de R$ 44 mil para Mourão

Justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, não tem aparelho “minimamente adequado”

atualizado 25/05/2020 22:41

Igo Estrela/Metrópoles

O governo federal pretende gastar R$ 44 mil para o vice-presidente Hamilton Mourão manter os exercícios nesses tempos de isolamento social por causa do novo coronavírus. Para isso, foi aberta uma licitação para adquirir uma esteira ergométrica de última geração para o Palácio do Jaburu, onde moram o vice e a sua mulher, Paula Mourão. As informações são do Estadão.

O modelo procurado vem com programas pré-configurados de exercício físico, tela touch screen de alta definição, internet, TV e “cursos interativos”. O valor total é estimado em R$ 44.034,52, já considerando a instalação.

O edital foi aberto nesta segunda-feira (25/05), pela Vice-Presidência. A justificativa para a procura é que o Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente, não tem aparelho “minimamente adequado” e que atenda aos “princípios da ergonomia e biomecânica”, para prática de exercícios físicos.

Além dos moradores, o governo afirma que a guarda do palácio deve usar o equipamento. “Inclusive com simulação de situações reais onde o caminhar e as corridas são feitas com os uniformes e equipamentos vinculados, visando manter a adequada aptidão física para desempenho de suas atividades”, segundo o edital.

0

A Vice-Presidência ainda argumenta que a “rotina institucional” força Mourão a realizar exercícios fora do expediente, muito cedo ou muito tarde. “Incapacitando-o de fazê-lo fora de sua residência, sem comprometer e preservando a intimidade, integridade, segurança e lazer”, diz ao justificar a compra.

Últimas notícias