Senadores vão ao Conselho de Ética contra Chico Rodrigues

O vice-líder do governo no Senado foi flagrado pela PF com dinheiro escondido entre as nádegas

atualizado 15/10/2020 12:05

Senador Chico RodriguesJefferson Rudy/Agência Senado

Um grupo de senadores decidiu entrar com um pedido de abertura de investigação no Conselho de Ética do Senado contra o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), alvo de busca e apreensão da Polícia Federal na última quarta-feira (14/10). Rodrigues é vice-líder do governo no Senado e foi flagrado pela PF escondendo dinheiro entre as nádegas.

De acordo com o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), a Casa deve apurar se houve infração por parte do senador e, principalmente, se aconteceu quebra de decoro. “É necessário apurar esse caso. Um senador tem como obrigação se portar com o decoro parlamentar e, por isso, o Conselho de Ética precisa verificar se houve essa quebra”, disse o senador ao Metrópoles.

Vieira disse que o pedido deve ser protocolado na próxima terça-feira (20/10), semana de esforço concentrado no Senado para votação de sabatinas. Também assinam o documento os senadores Jorge Kajuru (Cidadania-GO), Styvenson Valentim (Podemos-AC), Randolfe Rodrigues (Rede-AP)) e Lasier Martins (Podemos-RS).

Alvo de mandado de busca e apreensão, o vice-líder do governo foi revistado em operação da PF deflagrada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU). Os mandados foram cumpridos em Boa Vista, capital de Roraima,.

Chico é suspeito de supostamente promover desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia da Covid-19.

0

Últimas notícias