Renan se desculpa com Jorginho Mello: “Tem hora que não tem jeito”

Senadores protagonizaram intenso bate-boca e precisaram ser contidos por colegas que estavam na sala da CPI

atualizado 23/09/2021 18:51

Relator da CPI da COVID, Renan Calheiros, após primeira reunião da Comissão 5Igo Estrela/Metrópoles

O relator da CPI da Covid-19, senador Renan Calheiros (MDB-AL), desculpou-se publicamente com o colega Jorginho Mello (PL-SC) pela troca de ofensas verbais durante a sessão desta quinta-feira (23/9). Mais cedo, os senadores se exaltaram e precisaram ser contidos por colegas após intenso bate-boca.

Na briga, Calheiros chamou Jorginho de “vagabundo”. E o senador governista devolveu a ofensa: “Você é um ladrão picareta”.

“Eu gostaria de pedir desculpas e lembrar que isso acontece toda vez que sai uma pesquisa e que o governo perde popularidade”, disse o senador alagoano.

Calheiros disse que “tem hora que não tem jeito”. “Não sei se deu para explicar um pouco [da motivação da confusão], mas, no meu entender, foi exatamente isso que aconteceu”, continuou o relator da comissão.

A confusão ocorrida nesta tarde teve início quando Calheiros fez críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que chamou de “corrupto”.

Calheiros pediu ao governista que não lhe interrompesse durante os questionamentos, dando início ao bate-boca. “Vossa excelência não pode me interromper”, disse. Jorginho respondeu: “Eu posso interromper, não foi o presidente que escolheu esses picaretas”, rebateu, apontando para Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos, alvo do colegiado.

O relator insistiu para que Jorginho não lhe interrompesse. “Ah, vá para os quintos [dos infernos]”, disparou o catarinense. O emedebista subiu o tom. “Vá vossa excelência com o seu presidente e com Luciano Hang.”

“Vá lavar a tua boca para falar do Luciano, um empresário decente, um homem honrado”, respondeu Jorginho. Calheiros, então, chamou o colega de “vagabundo”. “Vai lavar a tua, vagabundo”. E o senador governista se irritou: “Vagabundo é você, ladrão picareta. Você é um ladrão picareta”.

Renan Calheiros chegou a se levantar da mesa da relatoria e partir em direção ao senador governista. O relator precisou ser contido pelo vice-presidente da comissão, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Últimas notícias