Flávio Bolsonaro admite viagem a Las Vegas, mas nega “reunião” com Trento

Senador afirma que viajou aos Estados Unidos "em missão oficial" e que as agendas dos encontros são públicas

atualizado 23/09/2021 18:30

Senador Flavio Bolsonaro CPI COVID SENADO FEDERAL ex ministro pazuello_Rafaela Felicciano/Metrópoles

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) admitiu, por meio de nota, ter feito viagem a Las Vegas, nos Estados Unidos, com dinheiro público. Segundo o parlamentar, a ida a solo norte-americano ocorreu no âmbito de “missão oficial” e as agendas dos encontros estão publicadas no site do Senado Federal.

O senador negou, porém, que a viagem tenha sido realizada na companhia de Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos, que prestou depoimento nesta quinta-feira (23/9) à CPI da Covid-19. Aos senadores, o empresário admitiu ter viajado para Las Vegas com parlamentares. No entanto, recusou-se a informar o nome dos congressistas que estiveram na viagem.

“Alguns poucos senadores irresponsáveis da CPI, mais uma vez, distorcem fatos e criam narrativas para atacar o senador Flávio Bolsonaro e sua família. O senador nunca se reuniu com o senhor Danilo Berndt Trento em Las Vegas, nem possui vínculo de qualquer espécie com o mesmo”, enfatizou Flávio na nota.

No pedido de solicitação de autorização para viagem oficial, obtido pelo Blog do Noblat, do Metrópoles, Flávio afirma que o objetivo de sua ida aos Estados Unidos era para “promover o turismo brasileiro no mercado internacional”, além de estimular “atração de cruzeiros marítimos para a costa brasileira, investimento e instalação de novos resorts” no país.

Segundo o texto, o convite partiu de Gilson Machado Neto, à época presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). Machado é o atual ministro do Turismo do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Nos EUA, Flávio se encontrou com representantes do Carnival Grupo, Royal Caribbean e Las Vegas Sand Corporation.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Enquanto dirigia questionamentos a Trento durante a oitiva, o senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que o colegiado tem informações de que Trento viajou na companhia de senadores e deputados em missão para fazer lobby da implementação dos jogos de azar no Brasil.

“As informações que tenho são de que o senhor Danilo Trento foi tratar de um assunto no qual tem muita gente interessada neste governo, que é trazer a jogatina americana aqui para o Brasil; trazer cassino, trazer essa jogatina toda aqui para o Brasil, porque é uma forma boa de fazer lavagem de dinheiro, de sonegar imposto e de dar espaço para o crime organizado”, explicou o petista.

Costa narra que Trento e alguns parlamentares, que não tiveram nomes revelados, conversaram com “a máfia americana de Las Vegas”. “E as milícias que existem hoje continuariam tomando conta dos negócios pequenos, cobrando propina para alguém abrir, botar um espetinho para vender nas favelas e nos bairros pobres do Rio de Janeiro”, continuou.

Antes, o depoente foi questionado sobre sua relação com parlamentares e quantas vezes visitou gabinetes do Congresso Nacional. Trento fez uso do silêncio constitucional para não se incriminar. Ele também se recusou a revelar o nome de qualquer congressista que tenha participado da viagem.

Mais lidas
Últimas notícias