Randolfe quer novo depoimento reservado de Witzel na CPI da Covid

Ex-governador do Rio de Janeiro se colocou à disposição para uma nova oitiva, mas de portas fechadas

atualizado 16/06/2021 14:00

CPI covid senado Randolfe senadorHugo Barreto/Metrópoles

O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou, nesta quarta-feira (16/6), que vai apresentar requerimento para ouvir novo depoimento do ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel em reserva na comissão.

“Estou requerendo depoimento em reservado do ex-governador Wilson Witzel, pois tem informações complementares que sua senhoria poderá prestar a essa CPI”, avisou Randolfe ao presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), e ao relator, Renan Calheiros (MDB-AL).

Essa possibilidade já havia sido aventada mais cedo durante a oitiva, após parlamentares não membros da comissão estarem presencialmente na sessão. Witzel se colocou à disposição, mas pediu que isso fosse em outro dia para que pudesse se preparar com alguns documentos.

Ao Metrópoles, o ex-governador havia mencionado a ideia de se reunir com a direção da CPI para apresentar documentos e sugerir requerimentos para subsidiar investigação.

0

A CPI da Covid tem o objetivo de investigar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com o desabastecimento de oxigênio hospitalar, além de apurar possíveis irregularidades em repasses federais a estados e municípios.

Últimas notícias