Mulher de Guilherme de Pádua disse que esteve em almoço com Michelle

Juliana Lacerda afirmou em rede social que ela e o marido estiveram em evento evangélico restrito a convidados no último domingo (7/8)

atualizado 12/08/2022 17:24

Michelle Bolsonaro e mulher de Guilherme de PáduaReprodução/Instagram

A esposa de Guilherme de Pádua, Juliana Lacerda, confirmou em suas redes sociais que ela e o marido estiveram em um almoço com a primeira-dama Michelle Bolsonaro no último domingo (7/8), na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG).

O casal presidencial participou de um culto na congregação pela manhã, que não estava na agenda. Em seguida, foi a um almoço em comemoração aos 50 anos do pastor Márcio Valadão, que lidera a igreja, frequentada pelo casal de Pádua.

O agora pastor Guilherme de Pádua assassinou a atriz Daniella Perez em 1992, com sua esposa na época, Paula Thomaz. Ele e Daniella faziam um par romântico na novela De Corpo e Alma, escrita por Gloria Perez, mãe de Daniella.

Segundo Juliana, a primeira-dama estava tirando fotos com todos os presentes, que formaram uma fila no evento. “Eu nunca troquei uma palavra sequer com ela. Nunca, nunca, nunca mesmo. Ela não sabia quem eu era”, diz Juliana em vídeo pelas redes sociais.

A esposa de Guilherme ainda negou ser “amiga íntima” de Michelle: “Ela simplesmente foi lá, gentil que é, uma pessoa extremamente simples, uma mulher de Deus, porque eu sou fã. E ela tirou foto comigo, como com todos ali nessa fila, nessa comemoração. Foi apenas isso”.

Assista:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Juliana Lacerda Pádua (@julianalacerdapadua)

Mais cedo, a coluna Em Off revelou uma selfie da esposa de Guilherme de Pádua com a primeira-dama.

A visita do mandatário do país à Igreja Batista da Lagoinha, no último fim de semana, não estava prevista na agenda. O chefe do Executivo nacional visitou a capital mineira a convite do senador Carlos Viana (PL-MG), que será candidato ao governo de Minas e também compareceu ao culto.

Após o culto, Michelle permaneceu em Belo Horizonte para participar do almoço, enquanto o presidente viajou para São Paulo, onde almoçou em uma churrascaria e depois assistiu ao jogo do Palmeiras no estádio Allianz Parque.

Segundo apuração da coluna Leo Dias, do Metrópoles, Michelle só tomou conhecimento pela imprensa de que uma das mulheres com quem chegou a fazer uma foto era esposa do Guilherme de Pádua.

Assassinato de Daniella Perez

O assassinato da atriz voltou a ganhar repercussão no último mês, com o lançamento o documentário Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez, da HBO Max, produzido quase 30 anos depois do crime.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

A produção reconstitui detalhes e o julgamento do caso que impactou o Brasil nos anos 1990. Ao longo de cinco episódios, Gloria Perez, autora e produtora brasileira ganhadora do Emmy Internacional, traz relatos inéditos e revisita o caso com autoridades do processo.

Além disso, a produção conta com familiares e amigos mais próximos de Daniella Perez, que relembram a trajetória da artista: Raul Gazolla, Claudia Raia, Fábio Assumpção, Maurício Mattar, Cristiana Oliveira, Marieta Severo e Eri Johnson.

Guilherme foi condenado a cumprir 20 anos de prisão por homicídio qualificado. Solto, o ex-ator é hoje pastor da Igreja Batista da Lagoinha. Recentemente, ele e a atual esposa foram flogrados em um protesto pró-Bolsonaro.

Mais lidas
Últimas notícias