Lula sobre prazo dado pela Saúde para vacina: “Não temos 60 dias”

"Precisamos que o governo federal cumpra a sua obrigação: garantir vacina eficazes e seguras para todas e todos pelo SUS", provocou

atualizado 08/12/2020 23:36

LulaReprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou as redes sociais para reagir ao prazo dado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para o início da vacinação contra a Covid-19. Nesta terça-feira (8/12), em reunião com governadores, o titular da Saúde afirmou que o Brasil deverá iniciar a imunização no fim de fevereiro.

No Twitter, o petista provocou: “Sabe quando eu aceitaria um ministro da Saúde ou diretor da Anvisa que falasse em um ‘prazo de 60 dias’? Nunca”.

Confira:

Lula ainda falou que convocaria de imediato o ministro para viabilizar um processo, com segurança e propriedade técnica, mas com a agilidade que o Brasil e o mundo precisam.

Veja:

Na reunião com os governadores, Pazuello ressaltou que o registro definitivo da vacina da AstraZeneca deve ser concedido no fim de fevereiro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Portanto, a vacinação no Brasil só começaria após isso.

Últimas notícias