Luciano Querido, ex-assessor de Carlos Bolsonaro, ganha cargo na EBC

Durante 15 anos, ele deu expediente com o filho do presidente. Demitido da Funarte, agora, será coordenador de Novos Negócios da EBC

atualizado 07/07/2021 17:49

Facebook

Luciano Querido, ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), ganhou um cargo na Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Após deixar a presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte), ele será coordenador de Novos Negócios da empresa.

Querido já assumiu diversos cargos durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e mantém amizade com o clã Bolsonaro. Durante 15 anos, entre 2002 e 2017, ele deu expediente no gabinete de Carlos Bolsonaro.

Em julho do ano passado, o ex-assessor foi efetivado pelo governo federal como presidente da Funarte. Antes, ele já ocupava o cargo interinamente após a demissão de dois gestores: Dante Montovani e Roberto Alvim.

Veja a nomeação de Luciano Querido na EBC:

Nomeação Luciano Querido na EBC
Nomeação Luciano Querido na EBC

O Ministério Público Federal (MPF) chegou a pedir a suspensão da nomeação, alegando falta de “formação específica” e de “experiência profissional” para o cargo.

Em abril, Querido já ocupava um cargo comissionado na Funarte, como diretor do Centro de Programas Integrados da entidade.

O ex-assessor de Carlos Bolsonaro se diz bacharel em Direito e especialista em desenvolver aplicativos e administrar banco de dados.

Últimas notícias