Ministro do Turismo nomeia ex-assessor de Carlos Bolsonaro

Durante 15 anos, entre 2002 e 2017, Luciano da Silva Barbosa Querido deu expediente no gabinete do vereador. Agora, vai para Funarte

atualizado 02/04/2020 15:22

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, nomeou um ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Durante 15 anos, entre 2002 e 2017, Luciano da Silva Barbosa Querido deu expediente no gabinete do vereador.

Agora, ele será diretor do Centro de Programas Integrados da Fundação Nacional das Artes (Funarte). A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nessa quarta-feira (01/04).

O órgão da Secretaria Especial da Cultura, chefiada pela atriz Regina Duarte, está vinculado ao Ministério do Turismo.

Luciano receberá o salário mensal de R$ 10.373,30, segundo dados da Tabela de Remuneração de Cargos Comissionados.

O ex-assessor de Carlos Bolsonaro se diz bacharel em Direito e especialista em desenvolver de aplicativos e administrar de banco de dados.

Últimas notícias