Joice diz que gabinete do ódio é “uma quadrilha altamente organizada”

Parlamentar afirmou que investigação do inquérito das fake news deve chegar em Carlos e Eduardo Bolsonaro

atualizado 02/06/2020 12:02

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que o gabinete do ódio, suposto grupo especializado em disseminar informações falsas, é “uma quadrilha altamente organizada”.

Em entrevista ao jornal O Globo, a parlamentar afirmou que a investigação do inquérito das Fake News, se correta, vai chegar na família Bolsonaro.

“Se a investigação for correta e seguir o trâmite da lei, de buscar quem são as principais células (da rede de ataques), com certeza bate no Eduardo, no Carlos e no Planalto”, disse.

0

Ex-aliada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Joice disse que a “quadrilha” se espalhou por todo o país, no Rio Grande do Sul, Ceará e São Paulo, além do Distrito Federal.

A parlamentar afirmou também que as investigações devem chegar na deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). “Ela tem que estar preocupada, principalmente se pegarem o telefone dela, toda a troca de mensagens”, disse.

Últimas notícias