Fraga: Bolsonaro decidirá em breve sobre Ministério da Segurança Pública

Pasta foi criada em fevereiro de 2018 pelo então presidente Michel Temer, mas Bolsonaro optou por reunir novamente à Justiça na gestão Moro

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 26/05/2020 15:47

O ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) afirmou nesta terça-feira (26/05) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve decidir sobre a recriação do Ministério da Segurança Pública “em breve” e que isso pode ocorrer antes mesmo do fim da pandemia do coronavírus.

Questionado sobre o assunto ao chegar ao Palácio do Planalto, para um encontro com o presidente, Fraga disse que “há espaço” para a recriação da pasta e de que o “ato” é “da vontade do presidente da República”.

“Eu acredito até que sim [possibilidade para recriar o ministério], mas acho que eu prefiro que ele [Bolsonaro] fale sobre isso. É uma questão mais assim, pessoal. Esse assunto já foi falado outras vezes e foi mal compreendido, então, eu acredito que o presidente da República deve dar uma resposta em breve sobre isso”, disse a jornalistas.

0

O Ministério da Segurança Pública foi criado em fevereiro de 2018 pelo então presidente Michel Temer, a partir de um desmembramento do Ministério da Justiça. Comandada pelo ex-deputado Raul Jungmann, a pasta ficou responsável pelas polícias Federal e Rodoviária Federal e Força Nacional de Segurança.

Ao assumir a Presidência, em 2019, Bolsonaro optou por reunir novamente Justiça e Segurança Pública em uma única pasta, chefiada pelo então ministro Sergio Moro. Após o ex-juiz ter anunciado que deixaria o governo, Bolsonaro estuda a recriação da pasta e já afirmou em outras ocasiões que Fraga poderá assumir o comando do novo ministério.

Perguntado se a recriação será feita ainda durante a pandemia, o ex-deputado disse acreditar que sim. “A bancada da Segurança Pública sempre almejou isso”, declarou.

Fraga ainda afirmou que não há, no ato de criar um ministério, acréscimo de despesas e que a estrutura da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) pode ser utilizada para a recriação da pasta.

Últimas notícias