Ex-chefe da Rota convoca PMSP para ato pró-Bolsonaro em 7 de setembro

Atual presidente da Ceagesp, Ricardo Melo alegou que a polícia paulista precisa apoiar o presidente e evocou participação no golpe de 1964

atualizado 22/08/2021 20:10

coronel Ricardo Mello, presidente CeagespDivulgação/PMSP

Em vídeo divulgado neste sábado (22/8) nas redes sociais, Ricardo Nascimento de Mello Araújo, ex-comandante da Rota, unidade da Polícia Militar de São Paulo, e atual presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), convocou policiais militares “veteranos” de São Paulo para a manifestação bolsonarista do dia 7 de setembro, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Veteranos da Polícia Militar do estado de São Paulo. Nós temos que dia 7 de setembro ajudar o nosso presidente Bolsonaro”, convocou. “Eu vejo que nós da PM de SP, a força pública, nós devemos nos unir. E no dia 7 de setembro todos os veteranos de SP, estar presente na Avenida Paulista.”

“Batalhas e Revoluções”

Para fazer a convocação, Araújo argumentou que Polícia Militar de São Paulo participou dos principais movimentos do nosso país, como a batalha de Canudos e as “revoluções” de 1932 e 1964.

Ele ainda apontou o 1º Batalhão de Choque, a Rota, como ponto de encontro para o ato.

Na última sexta-feira (20/8), o presidente Bolsonaro informou que participará das manifestações de 7 de setembro em Brasília, pela manhã, e em São Paulo, na parte da tarde.

0

Mais lidas
Últimas notícias