Ex-assessor de Eduardo Cunha e Geddel ganha cargo na Saúde

Carlos Henrique Menezes Sobral também já trabalhou com Osmar Terra quando ele foi ministro da Cidadania

atualizado 11/05/2021 9:10

Carlos Henrique Menezes Sobral - Naiara Pontes/ SeGov

Carlos Henrique Menezes Sobral, ex-assessor do deputado condenado na Lava Jato Eduardo Cunha, ganhou um cargo no Ministério da Saúde. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), nesta terça-feira (11/5).

Segundo o DOU, Carlos Henrique será assessor especial do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, com salário de R$ 13.623,39.

Ele já foi Diretor Parlamentar e Federativo da Secretaria-Executiva do Ministério da Cidadania, ainda neste ano. Sobral também assumiu a chefia do gabinete de Geddel Vieira Lima, quando o ex-deputado foi ministro de Michel Temer.

No início do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ele acompanhou o ex-ministro da Cidadania Osmar Terra.

Nomeação CARLOS HENRIQUE MENEZES SOBRAL – DOU

Mais lidas
Últimas notícias