Esquerda pede “Lula livre” e festeja do lado de fora do STF. Veja

Fogos de artifício, bandeiras e música fizeram parte do momento de comemoração pela revogação da prisão após condenação em 2ª instância

Igo estrela/Metrópoles

atualizado 07/11/2019 23:31

Depois do voto do ministro Dias Toffoli, na noite desta quinta-feira (07/11/2019), a esquerda começou uma festa na área externa ao Supremo Tribunal Federal (STF). Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se concentraram em volta de pequenas tendas vermelhas marcadas pelos dizeres “Lula Livre”, com direito a som eletrônico, instrumentos musicais, bandeiras vermelhas e bebida.

O fim do julgamento que concluiu pela inconstitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância pode dar liberdade a Lula, preso em Curitiba (PR) desde abril de 2018. Assim que Toffoli concluiu seu parecer, por volta das 21h30, os primeiros fogos de artifício começaram a surgir no horizonte da Esplanada dos Ministérios.

Do outro lado da rua, no canteiro do Congresso Nacional, o policiamento foi reforçado. Ônibus, viaturas e a cavalaria da Polícia Militar do Distrito Federal ficaram a postos. Em vários momentos, os militantes receberam apoio de carros que passaram pelo local buzinando.

Pouco antes das 22h30, o movimento se dispersou.

Últimas notícias