Em recuperação, Bolsonaro almoça purê de mandioquinha

Presidente disse esperar retomar dieta normal na próxima semana. Ele ficou quatro dias internado em São Paulo com uma obstrução intestinal

atualizado 20/07/2021 12:29

Reprodução/Twitter

Em recuperação após ter ficado quatro dias internado em São Paulo com uma obstrução intestinal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mostrou estar seguindo uma dieta pastosa. Um registro de seu almoço nesta terça-feira (20/7), no Palácio do Planalto, foi compartilhado pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, pelo Twitter, veja:

No último domingo (18/7), o presidente deixou o Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, onde ficou quatro dias para tratar uma obstrução intestinal. Ao conversar com a imprensa na saída do hospital, ele disse que “dificilmente” irá seguir a dieta prescrita pelo médico Antônio Luiz Macedo para evitar novos quadros da doença.

“Ele mandou eu seguir a dieta, mas eu não sou exemplo para ninguém quando o assunto é esse”, afirmou.

Bolsonaro começou a passar mal na semana passada após ser submetido a uma cirurgia de implante dentário. “Alguns dias depois, agravou a crise de soluço e começou a pegar fogo o estômago”, disse, após ter alta do hospital.

“Vim para cá [São Paulo] com 90% de chance de ser operado. Talvez a viagem, talvez a chacolejada da ambulância, talvez um milagre de Deus, que eu acredito, o quadro evoluiu de um dia para o outro, de modo que dois dias depois foi descartada a possibilidade de cirurgia”, disse.

O mandatário não teve compromissos oficiais na segunda-feira (19/7), mas despachou do Planalto. Nesta terça, ele participou de uma cerimônia militar em comemoração ao nascimento do marechal Santos Dumont, na base aérea de Brasília.

Últimas notícias