Eduardo Gomes é o mais cotado para assumir a Secretaria de Governo

Líder do governo no Congresso é o principal nome para ocupar a chefia da pasta. Luiz Eduardo Ramos vai comandar a Casa Civil

atualizado 29/03/2021 17:32

Líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes, durante sessãoPablo Valadares/Câmara dos Deputados

O senador Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do governo federal no Congresso, é o nome mais forte para assumir a Secretaria de Governo (Segov) da Presidência da República. Hoje, a pasta é comandada pelo general Luiz Eduardo Ramos, que vai deixar a pasta para chefiar a Casa Civil.

Nome que corre por fora para a Segov é o do líder do Governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), o que agradaria o Centrão e colocaria o grupo ainda mais perto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro deflagrou uma reforma ministerial nesta segunda-feira (29/3), com a saída do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pressionado dentro e fora do governo.

0

Bolsonaro já pediu o cargo do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, que agradeceu ao presidente, disse ter dedicado total “lealdade ao longo de mais de dois anos” e afirmou que preservou as “Forças Armadas como instituições de Estado”.

Assim, o atual ministro-chefe da Casa Civil, general Braga Netto, assumirá o Ministério da Defesa; e Luiz Eduardo Ramos assumirá o vácuo deixado pelo companheiro de farda.

Mais lidas
Últimas notícias