Coronavírus: Bolsonaro garante abastecimento de mercadorias

Segundo o presidente, medidas serão tomadas em portos e no setor de aviação para que os insumos cheguem em todas as regiões

atualizado 19/03/2020 14:33

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), usou as redes sociais nesta quinta-feira (18/03) para falar sobre a “missão” do governo de dar continuidade ao abastecimento de insumos e mercadorias.

O Executivo vai adotar medidas para minimizar os impactos do coronavírus. Segundo Bolsonaro, essas iniciativas serão adotadas em portos e na área de aviação.

Em relação aos portos, o chefe do Executivo garante proteção máxima para continuidade de operações: equipamentos ao campo, afastamento de grupo de risco, escala digital e restrições às tripulações de fora.

Nesta quinta-feira, o Brasil anunciou que fechou a fronteira e estrangeiros de oito países estão proibidos de entrar no país. No entanto, a circulação de mercadorias continua liberada.

Já sobre o setor de aviação, Bolsonaro informou que o governo vai garantir, minimamente, a estabilidade do setor e manter linhas essenciais no abastecimento de remédios e insumos.

Últimas notícias