Chico Buarque e outros artistas assinam pedido de impeachment de Bolsonaro

O documento foi organizado por entidades sindicais e associações e será entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

atualizado 14/07/2020 11:11

Foto de jair Bolsonaro, com imagens sobrepostas deleIgo Estrela/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é alvo de novo pedido de impeachment, que será entregue nesta terça-feira (14/7) ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O pedido foi organizado por entidades sindicais e associações, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

O documento conta também com a adesão do cantor Chico Buarque, da jurista Deborah Duprat, do ex-jogador de futebol Walter Casagrande, do economista Bresser-Pereira, do humorista Gregorio Duvivier, entre outros, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

0

“As políticas de saúde foram severamente afetadas pela atuação criminosa de Jair Bolsonaro. Além da desarticulação do Sistema Único de Saúde (SUS), que já vinha sendo posta em prática no primeiro ano de gestão, a pandemia da Covid-19 escancarou o desprezo do atual governo pela proteção à saúde da população”, diz o texto.

Últimas notícias