metropoles.com

Bolsonaro se reuniu com deputada alemã da ultradireita

Encontro ocorreu na semana passada, fora da agenda. Parlamentar também teve agenda com deputados Bia Kicis e Eduardo Bolsonaro

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Instagram
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu a deputada Beatrix von Storch, vice-líder do partido Alternativa para a Alemanha. Grupo é acusado de propagar ideias neonazistas.
1 de 1 Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu a deputada Beatrix von Storch, vice-líder do partido Alternativa para a Alemanha. Grupo é acusado de propagar ideias neonazistas. - Foto: Reprodução/Instagram

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu na semana passada a deputada alemã Beatrix von Storch, vice-líder do partido Alternativa para a Alemanha (AfD), investigado por propagar ideias extremistas e neonazistas. O encontro não consta na agenda oficial do mandatário da República, mas um registro foi compartilhado nesta segunda-feira (26/7) pela parlamentar.

“Gostaria de agradecer ao presidente brasileiro a amistosa recepção. Estou impressionada com sua clara compreensão dos problemas da Europa e dos desafios políticos de nosso tempo. Em um momento em que a esquerda está promovendo sua ideologia por meio de suas redes e organizações internacionais em nível global, nós conservadores devemos nos unir mais e defender nossos valores conservadores em nível internacional. Além dos EUA e da Rússia, o Brasil é um parceiro estratégico global para nós, com quem queremos construir o futuro juntos”, escreveu Beatrix von Storch.

Na foto que acompanha a publicação, o chefe do Executivo nacional aparece sorridente ao lado da parlamentar e do marido dela, Sven von Storch.

Veja a publicação:

Questionada, a Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República não informou a data e o local em que o encontro ocorreu nem o motivo pelo qual o compromisso não consta na agenda oficial do titular do Palácio do Planalto.

Reunião com deputados bolsonaristas

Beatrix também se reuniu com a deputada Bia Kicis (PSL-DF) e com um dos filhos do presidente, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). “Somos unidos por ideais de defesa da família, proteção das fronteiras e cultura nacional”, escreveu Eduardo em um post ao comentar o encontro.

Em foto publicada ao lado da parlamentar alemã, no dia 22/7, Bia Kicis celebrou a união e a semelhança de pautas defendidas.

O Museu do Holocausto comentou o encontro de Kicis pontuando que a Alternative für Deutschland (Alternativa para a Alemanha) “é um partido político alemão de extrema direita, fundado em 2013, com tendências racistas, sexistas, islamofóbicas, antissemitas, xenófobas e forte discurso anti-imigração”.

A deputada alemã também foi recebida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, na última quinta-feira (22/7), conforme registros divulgados pela própria pasta.

Em março deste ano, a agência de inteligência da Alemanha colocou o partido de Beatrix von Storch sob vigilância. As comunicações e os movimentos do AfD estão sendo controlados pela inteligência alemã, conhecida como Ação Federal para a Proteção da Constituição, desenvolvida para proteger o país da ascensão de políticas semelhantes ao nazismo.

Atualmente, a sigla AfD é conhecida pelo discurso radical anti-imigração. O partido adotou recentemente programa eleitoral com aspectos negacionistas da pandemia.

Beatrix von Storch é neta de Johann Ludwig Schwerin von Krosigk, que serviu como ministro das Finanças da ditadura de Adolf Hitler por mais de 12 anos.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?