Bolsonaro rebate Mourão sobre isolamento: “Presidente sou eu”

Na quarta-feira, vice-presidente disse que posição oficial do governo seguia sendo pela quarentena severa por causa do novo coronavírus

Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 26/03/2020 19:28

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rebateu, nesta quinta-feira (26/03), o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), por ter dito que a posição oficial do governo federal seguia sendo pelo isolamento por causa do novo coronavírus. “O presidente sou eu. Os ministros seguem as minhas orientações”, afirmou Bolsonaro em coletiva no Palácio da Alvorada.

O presidente pediu, em pronunciamento na última terça-feira (24/03), o fim do “confinamento em massa” e tem defendido, desde então, o chamado “isolamento vertical”, com apenas parte da população em quarentena. Para ele, apenas idosos e a população com comorbidades deveriam ficar em casa.

Bolsonaro, contudo, disse que o vice “tem ajudado bastante, colaborado e dado opiniões”. “É uma pessoa que está do meu lado, é o reserva, se eu empacotar vocês vão ter que engolir o Mourão, é uma boa pessoa”, brincou. “É uma boa pessoa, capacitada.”

Após a polêmica, Mourão declarou que o “posicionamento oficial do governo continua sendo pelo isolamento e distanciamento social” e que o presidente podia ter se expressado de uma maneira que “não foi a melhor”. “O que ele buscou colocar foi essa preocupação que todos nós temos com a segunda onda do que se chama essa questão do coronavírus. A primeira é a saúde, a segunda é a questão econômica”, completou ele.

Últimas notícias