Bolsonaro indica Otoni de Paula para vice-líder do governo na Câmara

Deputado bolsonarista já se envolveu em embates com Alexandre de Moraes. Ele já tinha exercido a função de vice-líder do governo, em 2020

atualizado 23/04/2022 15:13

Deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ)Reprodução/ Câmara dos Deputados

O presidente Jair Bolsonaro (PL) reconduziu o deputado Otoni de Paula (MDB-RJ) para a função de vice-líder do governo na Câmara dos Deputados. A indicação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na sexta-feira (23/4).

Otoni de Paula já tinha exercido a função em 2020, mas deixou o cargo em julho daquele ano, após ataques ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

À época, Otoni de Paula chamou o ministro Moraes de “lixo”, “tirano” e “canalha”. A Procuradoria Geral da República (PGR) o denunciou ao STF por crimes de difamação, injúria e coação. Em 2021, o deputado foi condenado a pagar R$ 70 mil a Moraes.

Pastor evangélico, Otoni de Paula é um dos deputados mais fieis à base bolsonarista. Ele foi eleito em 2018.

Mais lidas
Últimas notícias