Bolsonaro diz que há “matança de baleias patrocinada pela Noruega”

Recentemente, o país suspendeu o repasse de R$ 133 milhões ao Fundo Amazônia para ações de preservação da floresta

atualizado 19/08/2019 16:53

JP Rodrigues/Metrópoles

Após a Noruega anunciar que vai suspender o repasse de R$ 133 milhões para o Fundo Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicou em conta oficial no Twitter, na noite desse domingo (19/08/2019), um vídeo em resposta a essa situação. De acordo com o chefe do Executivo, as imagens mostram uma suposta matança de baleias “patrocinada pela Noruega”.

“Em torno de 40% do Fundo Amazônico vai para as… ONGs, refúgio de muitos ambientalistas. Veja a matança das baleias patrocinada pela Noruega”, disse o presidente na rede social.

O vídeo reproduzido por Jair Bolsonaro, no entanto, mostra somente imagens e não há qualquer informação sobre a localidade ou motivo da ação.

A Agência Lupa investigou as imagens, que circulam nas redes sociais desde a semana passada, e verificou que a ação ocorre nas Ilhas Feroe, arquipélago dependente da Dinamarca. Trata-se, segundo a agência, de um festival anual conhecido como Grindadráp. O evento é alvo constante de protestos.

Entenda
A notícia da suspensão do repasse foi dada pelo ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Ola Elvestuen, na última quinta-feira (15/08/2019). O dinheiro seria usado para a promoção de ações contra o desmatamento no Brasil. De acordo com o jornal norueguês Dagens Næringsliv, o ministro apontou que o país não cumpre o acordo de preservação da Floresta Amazônica.

A Noruega é a principal financiadora do Fundo Amazônia, maior programa de combate ao desmatamento no país.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que as negociações sobre o destino do fundo estão em andamento e, por essa razão, a suspensão do repasse seria “natural”.

Últimas notícias