Após provocação à CPI, senador diz que Jair Renan é “projeto de meliante”

Humberto Costa (PT-PE) criticou o filho do presidente Jair Bolsonaro e disse que ele precisa de um "puxão de orelha"

atualizado 22/09/2021 10:51

Humberto Costa_CPI da Covid-19Marcos Oliveira/Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) criticou, nesta terça (21/9), a provocação feita à CPI da Covid pelo “filho 04” do presidente Jair Bolsonaro, Jair Renan Bolsonaro, e disse esperar que ele seja convocado a depor. “É um projeto de meliante que quer intimidar esta CPI. Precisa de um puxão de orelha”, afirmou.

Jair Renan gravou um vídeo, na manhã dessa segunda-feira (20/9), em uma loja que vende armas de airsoft e também equipamentos letais e citou a CPI da Covid-19, que investiga ações e omissões do governo federal no combate à pandemia.

0

“Bom dia, rapaziada. Então, com vocês aí, o melhor jeito de acordar: tomando um suquinho, comendo um pão de queijo, visitando a loja de um grande amigo meu aqui: Júnior. Sabe o que o cara vende? Arma, brinquedo”, diz Jair Renan, aos risos. Sobre o vídeo, ele escreveu: “Aloooo CPI kkkkk”.

Gesto obsceno

Costa também criticou os gestos obscenos do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a um grupo de manifestantes que protestavam contra o governo em Nova York.

“Por que tomar uma atitude como aquela? Pelo fato de as pessoas estarem protestando? É também uma demonstração do quanto esse governo é autoritário e não admite crítica, não admite questionamento”, criticou.

O senador usou o episódio para cobrar o retorno de Queiroga à CPI da Covid-19. “Espero que ele venha na próxima semana e não faça a mesma coisa aqui, porque senão ele vai preso”, prosseguiu.

Últimas notícias